Cachoeiro de Itapemirim

Escolher outra cidade
Notícias

Cine.Ema 2019 divulga filmes selecionados

7 dde Agosto de 2019

BRK Ambiental patrocina festival Nacional de Cinema Ambiental que será realizado em setembro, em Cachoeiro de Itapemirim

O Festival Nacional de Cinema Ambiental do Espírito Santo divulgou a lista de filmes selecionados para a Mostra Competitiva de Curtas Metragens 2019 e Mostras Paralelas. Foram recebidas 139 inscrições avaliadas por um comitê formado por especialistas na área. A seleção contou com a direção de curadoria de Ursula Dart, coordenadora de projeção do festival. Além dos filmes inscritos, outras obras foram convidadas pelo comitê para integrar a seleção.

O evento é tradicionalmente patrocinado pela BRK Ambiental, que reforça a importância do festival em Cachoeiro de Itapemirim, que, neste ano, recebe o evento nos dias 13 e 14 de setembro, no distrito de Burarama. “A ideia é trazer para Cachoeiro ações que promovam cultura e contribuam com a educação socioambiental das comunidades”, afirma a responsável pela Comunicação da empresa em Cachoeiro de Itapemirim, Rosa Malena Carvalho.

Segundo Rosa Malena, promovendo a consciência social e ambiental nas comunidades é possível também transmitir as noções de pertencimento e cooperação, buscando soluções locais para desafios que são globais. “Utilizar o trabalho socioambiental, por meio de iniciativas como o Cine.Ema, é mais um passo que damos para a construção de uma Cultura de Saneamento”, destacou.

Para a 5ª Mostra Nacional Competitiva foram selecionados 11 curtas-metragens dos gêneros ficção, animação e documentário, que representam nove estados brasileiros: Espírito Santo, Amazonas, Pernambuco, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Paraíba. As obras selecionadas terão caráter competitivo e disputam o troféu de reconhecimento do festival.

Já a Mostra do Cine.Eminha, que difunde filmes ambientais para a garotada, conta com quatro títulos, que representam três estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A mostra é realizada pela segunda vez consecutiva e integra outras atividades musicais, teatrais e reflexivas para as crianças.

O comitê de seleção do Cine.Ema 2019 foi formado pela doutora em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Tetê Mattos; pelo diretor da Yaneramai Films, Marcelo Cordero; pela doutora em comunicação e semiótica pela PUCSP, Solange Alboreda; e pela diretora e mestra em Comunicação e Territorialidades pela Ufes, Ursula Dart.

Uma novidade trazida pelo festival em 2019 é a realização da 1ª Mostra Mulheres, evidenciando a força e o lugar do feminino na relação com a natureza e o audiovisual. Foram selecionadas quatro obras dirigidas por mulheres de regiões como Pernambuco, Espírito Santo, Pará e Colômbia.

O Cine.Ema é uma realização da Caju Produções e do Ministério da Cidadania, com o apoio da TV Gazeta Sul - afiliada Rede Globo, e patrocínio da BRK Ambiental, do Banestes e do Grupo Águia Branca. 

Conheça abaixo os filmes selecionados:

5ª MOSTRA COMPETITIVA CINE.EMA

A viagem de Ícaro, de Kaco Olimpio e Larissa Fernandes (Doc, 19’, GO, 2018, Livre)
Enraizada, de Tiago Delácio (Doc, 8’, PE, 2019, Livre)
Filadelphia, de Dani Drumond (Doc, 7’, SP, 2018, Livre)
Filho de Peixe, de Igor Ribeiro, (Doc, 13’, RN, 2018, Livre)
Majur, de Rafael Irineu (Doc, 20’, MT, 2018, Livre)
Nova Iorque, de Leo Tabosa (Fic, 24’, PE, 2018, Classificação indicativa: 10 anos)
Plantae, de Guilherme Gehr, (Ani, 10’, RJ, 2017, Livre)
Quando a chuva vem?, de Jefferson Batista (Ani, 8’, PE, 2019, Livre)
Rio das Lágrimas Secas, de Saskia Sá (Doc, 25’, ES, 2018, Livre)
Seiva, de Ramon Batista, (Fic, 8’, PB, 2019, Livre)
Zana - O filho da Mata, de Augustto Gomes (Fic, 15’, AM, 2019, Livre)
 

CINE.EMINHA

Caminho dos gigantes, de Alois Di Leo (Ani, 12’, SP, 2016, Livre)
Lá do alto, de Luciano Vidigal (Fic, 8’, RJ, 2016, Livre)
Nimbus, o caçador de nuvens, de Marco Nick (Ani, 16’, MG, 2016, Livre)
O melhor som do mundo, de Pedro Paulo Andrade (Fic, 13’, SP, 2015, Livre)
 

MOSTRA EMA MULHERES

Custos, de Marilene Ribeiro (Doc, 20’, PA, 2019, Livre)
Nakua pewerewerekae jawabelia/Hasta el fin del mundo/ Até o fim do mundo, de Juma Gitirana Tapuya Marruá (Exp, 15', Colômbia, 2019, Livre)
Pescadores urbanos, de Yolanda Faustini (Doc, 15’, ES, 2019, Livre)
Thinya, de Lia Letícia (Híbrido, 16’, PE, 2019, Livre) 

O Cine.Ema

O Cine.Ema é um projeto cultural nacional e multiplataforma de educação ambiental cujo objetivo é gerar consciência através do cinema, com difusão e premiação de obras audiovisuais que reflitam sobre memória, paisagens, realidades e desafios do meio ambiente de forma sensível e criativa. Inspirado na Pedra da Ema, ícone paisagístico e natural de Burarama e no significado universal da Ema, mãe natureza, a Mostra Nacional de Cinema Ambiental do Espírito Santo foi realizada pela primeira vez em 2015. 

O projeto promove atividades formativas para crianças e adultos de comunidades que margeiam patrimônios naturais brasileiros, além de seminários ambientais reflexivos e temáticos que envolvem os desafios sustentáveis do nosso tempo. O Cine.Ema integra a rede de realizadores de festivais ambientais do Brasil e é o único festival de cinema anual com este recorte temático realizado no Espírito Santo.

 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE