Cachoeiro de Itapemirim

Escolher outra cidade
Notícias

Moradores de regiões distantes da sede de Cachoeiro agora tem água diretamente da torneira

28 de Abril de 2021


 
BRK Ambiental concluiu as obras nas seis localidades previstas no 11º Termo Aditivo ao Contrato de Concessão, beneficiando cerca de 310 famílias
 
 
No momento em que celebrou quatro anos da marca BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim, comemorados no último domingo, 25, a concessionária de água e esgoto do município anunciou o término de todas as obras que integram o 11º Termo Aditivo ao Contrato de Concessão, firmado com a Prefeitura Municipal, em maio de 2019. O acordo ampliou a atuação da BRK, que se limitava ao perímetro urbano, para localidades distantes da sede do município, compreendendo a construção de 24 quilômetros de redes de água nas localidades de Quilômetro Nove, Timbó, Monte Líbano, Morro Grande, Tijuca (Retiro) e Alto Gironda.
 
Com a conclusão dos serviços, a concessionária realiza agora um trabalho de orientação e recomendação aos moradores para que sejam realizadas as ligações dos imóveis à nova rede. Segundo o engenheiro responsável pelas obras na BRK Ambiental, Gabriel Brunoro Zigoni, atualmente, cerca de 45% das habitações dessas localidades foram interligadas às redes de água da concessionária, o que está dentro do cronograma previsto pela BRK. Quando chegar a 100%, serão cerca de 310 famílias beneficiadas com água de qualidade diretamente da torneira.
 
“Neste momento, estamos fazendo as ligações nas duas últimas localidades onde as obras foram finalizadas: Monte Líbano e Timbó. Percebemos uma boa receptividade por parte dos moradores que, aos poucos, estão buscando por essas ligações no intuito de ter água de qualidade em casa. Antes da construção das redes, as comunidades das seis localidades que integram o 11º Termo Aditivo eram abastecidas por meio de carros-pipa ou utilizavam mananciais locais”, lembra Gabriel Brunoro Zigoni.
 
A situação foi vivenciada pela lavradora Fabíola Dias dos Santos, 55 anos, moradora de Timbó, que teve água encanada e tratada em sua casa, pela primeira vez, no dia 7 de abril. Antes disso, ela e a família usavam água de poço, de caminhão-pipa e da chuva, para beber e realizar as atividades diárias. A moradora afirma que a água diretamente da torneira facilitou muito a vida da família e que se sente mais segura por saber que o recurso é tratado, o que evita a contaminação por muitas doenças.
 
“Nós usamos água de um poço, mas, depois de um tempo, ele foi ficando ruim, com ferrugem e secando. Como não tínhamos mais água, pedimos um caminhão-pipa, que abastecia a nossa caixa d’água. Quando a água estava acabando, fazíamos mais um pedido; mas, tinha dia que não tínhamos água para beber porque a estrada para vir para cá é péssima”, conta Fabíola.
 
Condição semelhante também viveu o motorista de caminhão Ghedson Sant’anna da Silva, 25 anos, que mora em Timbó há sete anos e, antes disso, tinha acesso à água tratada. “Foi difícil nos adaptarmos com a água de poço. Como éramos acostumados com a água tratada, passávamos mal e sentíamos dor no estômago no início. Depois, vimos que não tinha jeito e fomos nos adaptando e fervendo a água para mantermos a saúde e nos cuidarmos”, afirma.
 
O motorista, que mora com a esposa e três filhos pequenos, de seis, cinco e um ano de idade, conta que, antes da ligação com a rede de água, o caminhão-pipa abastecia uma caixa d’água compartilhada, que fornecia água para seis ou sete casas do bairro. “Quando o caminhão-pipa não vinha, ficávamos uns cinco ou seis dias sem água, e tínhamos que andar cerca de 200 metros para buscar água com o vizinho. Agora está muito bom, a água encanada facilitou a nossa rotina e cada casa tem a sua própria caixa d´água”, completa Ghedson Sant’anna.
 
O engenheiro Gabriel Brunoro Zigoni alerta sobre a importância de os moradores realizarem as ligações regulares dentro dos critérios estabelecidos pela BRK Ambiental. “É fundamental que, a partir de agora, os moradores que ainda não tiveram seus imóveis ligados à nossa rede de abastecimento, entrem em contato e façam essa solicitação. Nossos canais de atendimento estão disponíveis para tirar as dúvidas sobre o assunto e informar sobre as ações necessárias para a ligação do imóvel à rede da BRK. Basta ligar no telefone gratuito 0800 771 0001 ou fazer contato pelo Whatsapp (11) 99988-0001”, recomenda.


 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE