Tratamento de esgoto

 

Em Goiás, estamos avançando na cobertura e no tratamento de esgoto dos quatro municípios atendidos. Estamos no estado para prestar um serviço de qualidade, atendendo às expectativas dos moradores e parceiros de trabalho buscando soluções eficientes, inovadoras e a melhoria contínua.

Conheça parte de nossa infraestrutura: 

 

Estações de Tratamento de Esgoto

A BRK Ambiental em Goiás conta com 8 Estações de Tratamento de Esgoto. Saiba mais sobre o funcionamento de cada uma delas.

 

 

Aparecida de Goiânia

Em Aparecida de Goiânia, a BRK Ambiental opera 4 estações de tratamento de esgoto, que utilizam diferentes tecnologias para promover a remoção de poluentes.

 

Ativo 91

Conta com tratamento preliminar composto por grades inclinadas, peneira mecanizada, classificador de areia, desarenador ciclônico e medidor para controle de vazão por calha Parshall. Dois reatores do tipo RAFA (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente), seguidos por quatro lagoas de maturação, realizam a remoção de poluentes. O efluente tratado é lançado no Ribeirão Lages.

 

Ativo 92

O tratamento preliminar é realizado através de uma grade média, dois desarenadores e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. A operação se dá pelo princípio de lodos ativados (alta carga), com estabilização em separado. É composta por um tanque de aeração, seguido pelo tanque de decantação e tanque de estabilização do lodo. O efluente tratado é lançado no Córrego Pedra de Amolar. 

 

Ativo 93

O tratamento preliminar é realizado com uma grade fina, dois desarenadores e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. Ela é operada pelo princípio de tratamento anaeróbio por fluxo ascendente, seguido por lodos ativados (alta carga), com estabilização em separado. A unidade é composta por dois tanques anaeróbios tipo RAFA (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente), dois tanques de aeração contendo difusores tubulares de bolhas finas, um tanque de decantação e um tanque de estabilização do lodo. O efluente tratado é lançado no córrego Santo Antônio.

 

Ativo 94

Receberá, em etapa final, grande parte do efluente proveniente do município de Aparecida de Goiânia. Na primeira e atual etapa, o sistema preliminar conta com dois gradeamentos mecanizados grossos e duas peneiras mecanizadas finas, dois desarenadores tipo air lift com ponte rolante e sistema coletor de escuma, além de um medidor para controle de vazão por meio de calha Parshall. O tratamento do líquido residual se dá por meio de um reator tipo RAFA (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente), dividido em duas câmaras, seguido de filtro biológico e decantador. O efluente tratado é lançado no córrego Santo Antônio.

 

 

 

Trindade

Em Trindade, a BRK Ambiental opera 2 estações de tratamento de esgoto, que utilizam diferente tecnologias para promover a remoção de poluentes.

 

Ativo 95

O processo de tratamento se inicia na Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Barro Preto, que recebe grande parte do esgoto coletado atualmente na cidade de Trindade. Em seguida o efluente passa pelo tratamento preliminar através de gradeamento, dois desarenadores e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. A ETE Barro Preto contém três módulos de tratamento, constituídos por lagoas de estabilização do tipo australiana: uma lagoa anaeróbia, uma facultativa e uma de maturação. O efluente tratado é lançado no Córrego Barro Preto.

 

Ativo 96

A unidade conta com tratamento preliminar composto por uma grade média, uma grade fina, dois desarenadores, uma caixa de gordura e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. O seu tratamento biológico é realizado por um reator do tipo RAFA (Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente), divido em dois módulos, seguido por dois biofiltros nitrificantes e um decantador secundário. O efluente final é lançado no Córrego Arrozal.

 

 

 

Rio Verde

Em Rio Verde, a BRK Ambiental opera 1 estação de tratamento de esgoto.

 

Ativo 97

Tratamento preliminar composto por um gradeamento fino, dois desarenadores e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. O tratamento biológico se dá por dois módulos paralelos de quatro lagoas do tipo australiano, sendo uma lagoa anaeróbia, uma lagoa facultativa e duas lagoas de maturação. O efluente final é lançado no Córrego Sapo.

 

 

 

Jataí

Em Jataí, a BRK Ambiental opera 1 estação de tratamento de esgoto.

 

Ativo 98

O processo de tratamento se inicia na Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Rio Claro, que recebe todo o esgoto coletado atualmente na cidade de Jataí, e conta com unidades do tratamento preliminar: gradeamento, desarenador e um medidor para controle de vazão, por meio de calha Parshall. A ETE Rio Claro é constituída por duas lagoas de estabilização anaeróbias, que funcionam paralelamente. O efluente tratado é lançado no Córrego Rio Claro.

 

 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE