Notícias

Estação de Tratamento de Esgoto de Mauá recebe visitas de Alunos da APAE e APASMA no mês da inclusão

A BRK Ambiental abriu as portas da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto para trabalhar a inclusão social.

Neste mês, a estação recebeu visitas da APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais e da APASMA – Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá. As visitas aconteceram em homenagem ao Setembro Verde, mês que promove a inclusão da pessoa com deficiência e também do Dia do Surdo, comemorado nesta quinta-feira (26).

APASMA - MAUÁ (1)Alunos deficientes auditivos da APASMA - MAUÁ

A BRK tem entre seus valores o respeito às pessoas que devem ser tratadas de maneira igualitária. As visitas fazem parte do Programa Portas Abertas e tem como objetivo reforçar a missão da concessionária de levar inclusão social e disponibilizar as informações de maneira igualitária para todas as pessoas. As duas ações reuniram mais de 20 alunos por vez e apresentou o funcionam da planta do Sistema Público de Esgotamento Sanitário e também esclareceu dúvidas com relação ao uso correto da rede de esgoto.

Visita APAE Mauá (1)Alunos da APAE - Mauá

Além disso, os visitantes foram orientados sobre práticas irregulares que podem comprometer o funcionamento do sistema de esgotamento sanitário, como o lançamento de águas pluviais (chuva) na rede de esgoto. Em campo, na planta de tratamento, os alunos conferiram as fases do tratamento preliminar, o funcionamento dos biorreatores, a separação das partes sólida e líquida e a qualidade final do efluente descartado após o tratamento no leito do rio Tamanduateí. Todas as etapas da ação foram acompanhadas por professores das instituições APAE e APASMA, além de intérpretes em libras para que os alunos pudessem entender cada processo e realizar perguntas aos profissionais da BRK Ambiental por meio da linguagem de sinais.


Inclusão digital

Comprometida com a realização de iniciativas capazes de promover a inclusão social, neste mês, a BRK Ambiental lançou um novo recurso destinado aos usuários surdos em seu site: uma ferramenta de fácil acesso que faz a tradução dos textos e vídeos para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). A interpretação automática do conteúdo é feita por um carismático personagem em 3D, o Hugo. A ferramenta, chamada Hand Talk, realiza a tradução digital e automática para Libras e torna a comunicação da empresa mais acessível e de fácil compreensão. Como forma de apresentar o recurso tecnológico, funcionários da Concessionária demonstraram a ferramenta para a presidência, profissionais, professores e alunos do curso de Libras da Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá - APASMA.
Para solicitar o auxílio do Hugo e visualizar os sinais em Libras no site, basta o usuário clicar em um botão azul no canto da página e selecionar o conteúdo que pretende obter a tradução. No site da BRK Ambiental, os usuários podem acessar diversos serviços prestados pelas empresa, tirar dúvidas, acessar dados relacionados ao setor, acompanhar notícias, além de receber informações sobre saúde, qualidade de vida e ter contato com materiais educativos sobre saneamento: www.brkambiental.com.br

APASMA – Mauá
A Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá (APASMA) é uma entidade sem fins lucrativos. Desde 1990, a instituição oferece aos deficientes auditivos do município e regiões vizinhas atendimentos que visam minimizar as dificuldades que surgem no processo de inclusão social, objetivando a melhoria na qualidade de vida.
A Associação oferece várias atividades para deficientes auditivos como: cursos de LIBRAS, serigrafia, informática, atividades pedagógicas, além de encaminhamentos para o mercado de trabalho.

APAE – MAUÁ
A APAE de Mauá é uma Entidade Filantrópica, sem fins lucrativos, que tem como objetivo, segundo seus Estatutos Sociais: promover a educação, reabilitação e defesa do excepcional deficiente mental, independentemente da cor, raça, condição social e crença religiosa. Foi fundada por pais que sentiram a necessidade de ter uma escola especializada, que pudessem atender seus filhos no município de Mauá. A partir de 1992, a APAE de Mauá conseguiu, finalmente, sua sede própria na Av. Padre Manoel da Nóbrega, 850, Capuava, onde pôde ampliar seu espaço físico para dezesseis salas de aula e cinco oficinas pré-profissionalizantes e ainda, os atendimentos especializados em Psicologia, Orientação Pedagógica, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Educação física, Educação Musical e Serviço Social.

O atendimento inicia-se desde os primeiros meses de vida ou em outras várias fases do desenvolvimento infantil, quando o problema da criança já foi detectado. A partir daí os portadores de deficiência mental passam a receber atendimento clínico em nível de terapias, estimulação essencial e acompanhamento educacional. Paralelamente ao atendimento educacional, a criança frequenta a oficina pedagógica e/ou a oficina pré-profissionalizante para que possa desenvolver habilidades profissionais e que tenha condições de desenvolver toda sua formação de cidadão.
 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE