Notícias

Ranking do Saneamento 2022 destaca avanços em municípios atendidos pela BRK

25 de março de 2022

Cidades operadas pela concessionária registram avanços nos serviços de água e esgoto

Comprometida em levar o saneamento para muito além do básico, a BRK, concessionária responsável pelos serviços de saneamento em mais de cem municípios brasileiros, registra avanços positivos em suas operações de Limeira e Sumaré (SP), Palmas (TO), Aparecida de Goiânia (GO) e Blumenau (SC), de acordo com a 14ª dição do Ranking do Saneamento, divulgado pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a consultoria GO Associados.

O estudo avalia dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) e apresenta os principais indicadores dos serviços de água e esgoto nas 100 maiores cidades do Brasil – de acordo com a estimativa populacional do IBGE. Neste ano, Limeira está entre os grandes destaques, com a sexta colocação geral, com índices de 100% para o fornecimento urbano de água e coleta e tratamento de esgoto, o que atesta a universalização dos serviços de saneamento no município.

Os indicadores positivos foram obtidos graças aos trabalhos realizados desde o início da concessão dos serviços de saneamento à iniciativa privada, em 1995. Ao longo dos anos, a região registrou importantes avanços e melhorias em equipamentos e infraestrutura (redes, estações de tratamento, reservatórios, elevatórias, equipamentos, entre outros), na gestão da qualidade dos processos, atenção aos recursos hídricos, melhoria contínua na satisfação do cliente, além de qualificação da equipe.

O município de Sumaré, que estreou no ranking em 2021, passou da 50ª colocação para a 46ª. A região conta com índice de atendimento total de água de 100%, o que coloca a cidade entre os 30 melhores municípios neste quesito. Enquanto o indicador de coleta de esgoto foi de 98,82%, posicionando a companhia no 12º lugar no ranking.

 
Atendimento Urbano de água

O fornecimento de água para a população que vive em áreas urbanas está entre os fatores analisados pelo estudo. Nessa categoria, Limeira, Palmas e Sumaré são destaque entre as cidades que já alcançaram os 100% de atendimento urbano de água. Entre todos os municípios avaliados pelo estudo, o indicador médio foi de 95,03%.


Perdas de água

Com a meta de reduzir as perdas de água em 25% até 2030, as operações da BRK apresentam indicadores abaixo da média nacional, que é de 40%. Na avaliação geral, Limeira é um dos grandes destaques, apontada na primeira colocação, com um índice de distribuição de 18,88%. No início das operações em 1995, o indicador de perdas era de 45%. Nos dias de hoje, esse desperdício representaria cerca de 6 bilhões de litros de água perdidos ao longo de um ano.

A cidade de Sumaré também é destaque no combate às perdas, a região apresenta um percentual de 37,43%. No início da concessão, em 2015, o volume de perdas era de 60%.

Avanços nas operações de esgoto

Nas operações de esgotamento sanitário operadas pela BRK, Aparecida de Goiânia é um dos destaques. O município avançou 15 posições no estudo e o índice de atendimento urbano de esgoto passou de 47,1% para 53,21%. O volume de esgoto tratado sobre a água consumida saltou de 53,97% para 70,47%. Na região, 357.855 moradores são atendidos com esgotamento sanitário, por meio de 1.448 quilômetros de rede coletora que, diariamente, tratam 21 milhões de litros de esgoto na cidade.

Já Blumenau, em Santa Catarina, subiu uma posição na avaliação anual. O município alcançou o percentual de 47% de atendimento de esgoto. Em 2021, o índice no ranking era de 44%. Na região, a BRK atua fortemente para expandir os índices de esgotamento sanitário e conta com duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) de grande porte, além de tecnologia de ponta, com 21 dos 35 bairros blumenauenses atendidos pela rede de coleta de esgoto e mais de 400 quilômetros de redes de esgoto em operação.

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK DA SUA CIDADE