Tratamento de Esgoto

 

Quando o contrato de Parceria Público-Privada (PPP) da BRK Ambiental teve início, em 2007, Rio Claro contava com apenas 12% de esgoto tratado. Uma marca que trazia inúmeros desafios para a cidade, já que a falta de saneamento é responsável por uma série de problemas relacionados à saúde, educação e preservação ambiental. Com os primeiros investimentos, já em 2010 a unidade conseguiu elevar esse número para 55%.

Hoje, 100% da população é atendida com os serviços de coleta e 92% do esgoto gerado no município é devidamente tratado. Essa conquista é muito importante, pois impactou positivamente no cotidiano da população, uma vez que os sistemas de coleta e tratamento de esgoto são fundamentais para prevenir a contaminação e transmissão de doenças.

Estação de Tratamento de Esgoto da BRK Ambiental em Rio CLaro (SP)

 

Melhoria contínua

Desde que assumimos a operação dos serviços em Rio Claro, os índices de entupimento nas redes de esgoto reduziram 46% e os de retorno de esgoto caíram mais de 90%. Estes são resultados conquistados por um intenso trabalho de prevenção realizado no nosso dia a dia.

A BRK Ambiental acredita que o tratamento do esgoto em uma cidade deve ser completo e percebido como um serviço que transforma a realidade local. Por isso, todos os meses executamos o monitoramento da qualidade da água de rios e córregos do município. 

Com o trabalho executado pela BRK Ambiental, os principais córregos e rios do município já se encontram despoluídos. O Ribeirão Claro, que dá nome à cidade, foi o primeiro a ser beneficiado e hoje já não recebe mais descartes de esgoto não tratado. O Córrego da Servidão, curso d´água que marca a área de formação da cidade, também já está livre do esgoto. Com isso, veio a eliminação de um problema histórico e crônico da região de acesso à cidade: o mau cheiro.

A despoluição desses cursos d´água são exemplos de ações locais capazes de gerar benefícios regionais. Como os rios despoluídos são afluentes do Rio Corumbataí, esse trabalho é percebido também em Piracicaba, que utiliza esse manancial para captação.

Córrego da Servidão quando encontra o Rio Corumbataí, em Rio Claro (SP).

 

Estações de Tratamento de Esgoto

 

Área urbana

A BRK Ambiental em Rio Claro conta com quatro Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) em área urbana. Todas com alta eficiência, superiores a 95%. 

Saiba mais sobre o funcionamento de cada uma delas.

01 ETE Flores

A ETE atende diversos bairros, entres eles:  Alto Santana, Chácara Boa Vista, Residencial São José, Residencial das Flores, Residencial Boa Esperança, Jardim Alfredo Caram, Jardim Araucária, Jardim Chervezon, Jardim Cidade Azul, Jardim Hipódromo, Jardim Independência, Jardim Ipanema, Olinda, Jardim Progresso, Santa Clara, Santa Maria, São Caetano, São João, Parque das Indústrias, Parque São Jorge, Recanto Paraíso, Jardim Elizabeth e Parque Universitário.

O esgoto é tratado com processo de reator anaeróbio (UASB) seguido de lodos ativados.

02 ETE Palmeiras

Atende aos bairros Jardim das Palmeiras e Jardim Esmeralda. 

O processo de tratamento utilizado é por reator anaeróbio (UASB) seguido de lagoa de aeração e lagoa de decantação.

03 ETE conduta

Atende uma região com cerca de 65 mil habitantes, que vivem nos bairros: Arco-Íris, Cidade Jardim, Cidade Nova, Bairro da Saúde, Bairro do Estádio, Olímpico, Jd. N. Sra da Saúde, Jd. Anhanguera, Jd. América, Bandeirantes, Conduta, Trevo, Donângela, Itapuã, Kennedy, Quitandinha, Copacabana, Vilage, Vila Bela, Leblon, Parque Mãe Preta, Orestes A. Giovani, Vila Alemã, Vila Bela Vista, Vila Cristina, Vila Indaiá, Vila Industrial, Vila Nova, Vila Paulínia, Vila Paulista, Santo Antônio, São José, São Miguel e Vila Verde. 

A ETE adota como processo o uso de reator anaeróbio (UASB) seguido de lodos ativados e desinfecção por UV.

04 ETE Jd novo

Inaugurada em 2017, a ETE Jardim Novo é a maior e mais moderna Estação de Tratamento de Esgoto a operar no município. Ela foi construída em uma área de mais de 50 mil m² e adota a tecnologia NEREDA®, um sistema desenvolvido na Holanda que tende a ser mais descomplicado e adequado ambientalmente no tratamento dos efluentes. 

 

Distritos Municipais

Além das quatro Estações de Tratamento de Esgoto em área urbana, a cidade de Rio Claro conta ainda com quatro estações em distritos municipais: Ajapi, Ferraz, Batovi e Assistência.

05 ETE Ajapi

A ETE atende 100% do distrito municipal de Ajapi. 

O processo de tratamento adotado consiste em dois sistemas de lagoas anaeróbias, que funcionam em paralelo: uma facultativa e outra de maturação.

ETE Batovi: 2 litros por segundo de vazão

Atende em 100% o distrito municipal de Batovi. 

A estação adota como processo o uso de fossa séptica seguida de um reator UASB e de um filtro biológico submerso (FBS) compactos e conta com desinfecção por cloração do tipo chicanas.

ETE Ferraz: 3 litros por segundo de vazão

Atende em 100% ao distrito municipal de Ferraz. 

Aqui, o processo de tratamento é composto por fossa séptica, reator anaeróbio e vala de filtração.

ETE Assistência: 6 litros por segundo de vazão

Atende a todo o distrito de Assistência. 

O processo de tratamento utilizado integra fossa séptica, filtro biológico submerso (FBS) e desinfecção por cloração.

 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE