Notícias

BRK Ambiental tem avanço de 75% na primeira etapa das obras de ampliação da Captação do rio Atibaia

13 de Maio de 2019

Com investimento de R$ 15 milhões, o objetivo da obra é garantir o abastecimento de água pleno para 70% da população da cidade

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Sumaré, já tem um avanço de 75% na primeira etapa das obras de ampliação e modernização da Captação do rio Atibaia. Com investimento de R$ 15 milhões, o objetivo da obra é garantir o abastecimento de água pleno para 70% da população da cidade, o que corresponde a 190 mil sumareenses.

Com a intervenção será possível aumentar a capacidade de captação de água de 600 l/s para 750 l/s, um incremento de 150l/s. “O sistema atual trabalha com seis bombas e o novo sistema contará com 10 bombas divididas entre submersíveis e horizontais, em dois poços de alimentação”, explica Heitor Mendonça, gerente de obras da concessionária.

A alteração não é somente na substituição das bombas. Todo o sistema de captação será remodelado: será construída mais uma elevatória para bombear a água captada, além da mudança de todo o sistema elétrico existente para que seja possível atender às novas demandas do sistema de captação.

“Já concluímos 75% da primeira fase da obra, que corresponde a parte civil e a montagem hidromecânica. Também iniciamos a segunda etapa que envolve toda a infraestrutura elétrica da captação, que está sendo remodelada para atender as ampliações e modernizações que estão sendo realizadas”, ressalta Mendonça. A previsão é que a segunda etapa seja concluída em agosto. 

A terceira etapa terá início em julho e consiste na instalação de um Sistema de Geração e Dosagem de Hipoclorito que terá a função de realizar a pré-cloração da água até a estação de tratamento de água. “Esse sistema permite a produção de hipoclorito no próprio local, de maneira automatizada e segura”, ressalta Mendonça.

“A cloração a partir da captação tem o objetivo de garantir a qualidade da água e assegurar a eficiência do processo de desinfecção, ou seja, a ação do hipoclorito será mais efetiva uma vez que contará com o tempo ideal da captação até a ETA II. Será aplicado hipoclorito na água captada já na saída do bombeamento e neste percurso pelas adutoras até a ETA II – cerca de 6 quilômetros – haverá o tempo de contato do produto, dentro das adutoras que fazem esse transporte, melhorando o processo de desinfecção da mesma”, complementa o gerente. 

Obras complementares

A captação do rio Atibaia é responsável por abastecer a Estação de Tratamento de Água II, localizada no Parque Itália e que abastece as regiões do Nova Veneza, Área Cura, Picerno, Maria Antônia e Matão, o que representam 70% do município de Sumaré. 

Essa estação também está em obras de modernização e ampliação, desde junho de 2018, para que seja possível ampliar a capacidade de tratamento para os mesmos 750l/s. “As obras na ETA II e na Captação do Atibaia são complementares e o objetivo é remodelar ambos os locais para que além de ser possível captar um maior volume, também seja possível produzir água com mais qualidade para a população de Sumaré.”

Interrupções no abastecimento

Ao longo das intervenções podem ocorrer interrupções pontuais no abastecimento. Para minimizar os transtornos momentâneos que serão causados à população, a BRK vai divulgar o andamento da obra nas redes sociais da concessionária. “O objetivo é que a população possa acompanhar o progresso dos trabalhos e as possíveis paradas no abastecimento e, assim, reduzir os transtornos”, esclarece o gerente.

Em caso de dúvidas a população pode entrar em contato com a concessionária pelo 0800 771 0001. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia.


 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE