Notícias

BRK realiza etapa final a obra da adutora do Picerno, em Sumaré

18 de Julho de 2019

35 mil pessoas de 13 bairros serão beneficiadas pela conclusão dos trabalhos 

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Sumaré, irá realizar nesta terça-feira, dia 23, a última etapa da obra de implantação da adutora do Picerno. A intervenção consiste na interligação da nova adutora ao Centro de Reservação Carlota. 

Responsável por levar água tratada da Estação de Tratamento de Água I, na Vila Menuzzo, para o Centro de Reservação Carlota a nova adutora contou com investimento de R$ 3 milhões e vai beneficiar cerca de 35 mil pessoas de 13 bairros da região do Picerno.

“A adutora atual é de fibrocimento, material muito suscetível a rompimentos. A nova adutora tem 3,5 quilômetros de extensão e é de PVC em sua maior parte e de ferro em um trecho mais baixo da cidade, onde a pressão de água é mais elevada. Com isso, serão evitados possíveis rompimentos em decorrência da maior pressão da água. Além disso, é de 1985 e, em função da idade, permite a incrustação de partículas. Essas partículas, em momentos de variação do volume da água que passa pela tubulação, se desprendem e podem gerar coloração amarelada na água, algo que ocorre na região do Picerno. Tubulação nova e sem intermitências resolverão em definitivo o problema de coloração da água”, explica Heitor Mendonça, gerente de obras da BRK Ambiental em Sumaré. 

Outra alteração é no diâmetro da adutora. A atual é de 350 milímetros e a que foi implantada é de 400 milímetros, já prevendo o crescimento da população e, com isso, da demanda futura de água. “Com isso, haverá maior capacidade de transporte da água que passará dos atuais 80 litros por segundo para 130 litros por segundo, um incremento de 50 litros por segundo”, ressalta Mendonça. 

A expectativa é colocarmos a nova adutora em operação no mês de agosto. Após a interligação desta terça-feira, realizaremos os testes operacionais na adutora para posterior liberação da mesma.

Instalação de macromedidor
Para reduzir o impacto no abastecimento de água da população, a concessionária irá realizar no mesmo dia (23) a instalação de um macromedidor no Centro de Reservação Carlota. A ação faz parte do trabalho de redução de perdas que a empresa executa na cidade que, dentre as ações, tem o objetivo de instalar 8 macromedidores na cidade até o final deste ano. Além dessa ação, a concessionária tem realizado a instalação de equipamentos hidráulicos que equalizam a pressão da água. Com isso, já foi possível reduzir o índice de perdas do município de 60%, em 2015, para 40,6% em 2018.

Por conta das duas intervenções, 31 bairros da cidade podem ter oscilações no abastecimento nesta terça-feira, dia 23. A previsão é que o abastecimento seja totalmente regularizado na manhã da quarta-feira, dia 24. Os bairros afetados são: Altos de Sumaré, Chácara Bela Vista, Chácara Monte Alegre, Chácara Santa Antonieta, Euclides Miranda, Jardim Bela Vista, Jardim Luiz Cia, Jardim Monte Santo, Jardim Novo Paraná, Jardim Paulistano, Parque Residencial Manoel Vasconcello, Parque Villa Flores, Parque Virgilio Viel, Residencial Real Parque, Residencial Viver Sumaré, Veccon Zeta, Vila Carlota, Vila Rebouças, Jardim Basilicata, Jardim das Orquídeas, Jardim  Lucelia, Jardim Picerno I, Jardim Picerno II, Parque Residencial Campo Belo, Parque Residencial Virginio Basso, Parque Rosa e Silva, Residencial Jardim Sumaré I, Residencial Jardim Sumaré II, Residencial Portal Bordon, Residencial Guaíra e Residencial Portal Bordon II.

Em caso de dúvidas, a empresa coloca à disposição da população o telefone 0800 771 0001.

Fases da obra
A obra da adutora do Picerno foi dividida em quatro fases. A Fase 1, concluída em agosto de 2018, consistiu no trecho entre a rua César Moranza e o Centro de Reservação Carlota, na rua Presidente José Linhares, na qual foram instalados 1.500 metros de redes. 

Já na Fase 2, foram instalados 1.550 metros no trecho entre a ETA I (rua Emílio Leão Brambilla) até a rua Bandeirantes (Centro), e foi concluída em fevereiro de 2019.

Durante a Fase 3, além dos 450 metros instalados no trecho entre a rua Joaquim Raposeiro e a rua César Moranza, também foi realizada a travessia sob o Ribeirão Quilombo, que ocorreu da seguinte maneira: foram instalados dois blocos de fundação em cada ponta do ribeirão, nos quais uma estrutura metálica se apoia. A tubulação da adutora passa dentro dessa estrutura e, ao chegar nas pontas, a tubulação volta a ser enterrada.

No último mês, a concessionária iniciou a quarta e última fase da obra que consistia em uma travessia sob a linha férrea. Um túnel de 36 metros de comprimento e 6 metros de profundidade foi construído, ligando assim dois trechos da adutora que já estavam prontos. Essa fase foi concluída na primeira semana de julho.
 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE