Notícias

Mais Meio Ambiente promove soluções para o licenciamento ambiental

7 de Fevereiro de 2018

Nessa quarta-feira, 7 de fevereiro, a BRK Ambiental, unidade de Palmas, sediou o I Mais Meio Ambiente, workshop de licenciamento ambiental. O Mais Meio Ambiente é um projeto piloto em Palmas e será modelo para as demais unidades, dada a complexidade de atuação da empresa no Tocantins, por ser a unidade da BRK Ambiental no Brasil que atende um maior número de municípios.

A abertura da programação foi feita pelo diretor presidente da BRK Ambiental do Tocantins, Denis Lacerda. Ao cumprimentar os presentes, Lacerda incentivou a equipe a aproveitar essa oportunidade e levar as ideias levantadas no evento como reforço para o seu dia a dia “o tema de licenciamento ambiental é o principal gargalo da empresa e um dos grandes desafios para os próximos anos. Esse workshop contribui para vencermos esses desafios”, pontua.

No primeiro momento do encontro, Camila Tavares, engenheira ambiental e integrante do Setor de Meio Ambiente do corporativo da BRK Ambiental, propôs uma dinâmica em grupo em que os participantes analisavam um estudo de caso e apontavam seus principais riscos. Ao final da dinâmica, com os conhecimentos adquiridos, cada participante precisou elencar pontos fortes e oportunidades de melhoria no dia a dia da empresa.

Para Camila, a dinâmica teve como objetivo chamar atenção dos funcionários para o impacto de suas ações, tanto para a empresa quanto para a população que ela atende “para nós do corporativo, o Mais Meio Ambiente é uma troca muito rica porque é a oportunidade de fazermos uma ponte com todas as informações das áreas a nível do Brasil”, afirma.

A primeira palestra do evento tratou sobre o processo de licenciamento ambiental no Tocantins e Pará e foi ministrada por Emanoel Santos, engenheiro ambiental consultor da empresa. Em sua fala foram apresentadas as legislações ambientais vigentes, a relação da BRK Ambiental com as variadas esferas do licenciamento e o fluxo processual que ele percorre.

O evento contou também com as palestras: "Problemas operacionais X passivos ambientais", ministrada por Gilson Merli; "Fluxograma de licenciamento ambiental da unidade", conduzida por Antonio Rodrigues e Lucy Melo e "Crimes ambientais – o que são e suas consequências" apresentada por Maria Alice Doria, do escritório jurídico Motta Fernandes.


 

ACOMPANHE NOSSAS OBRAS, AVISOS E TUDO QUE ACONTECE NA BRK AMBIENTAL DA SUA CIDADE